Toda construção sólida começa pela FUNDAÇÃO

Dados | Organização | Análises | Conhecimento | Insights

ARTIGOS MAIS RECENTES


Indústrias da Construção e em Geral já Superaram Momentos Piores

Por Newton Guimarães, Head

Postado em 08/04/2021

O atual momento é muito mais promissor do que o momento vivido na crise de 2015

Leia mais →

Em 2021, Vendas e Lançamentos de Imóveis Crescem na Grande São Paulo

Por Newton Guimarães, Head

Postado em 06/04/2021

A movimentação de construtoras e incorporadoras podem definir a melhor postura para as demais empresas do segmento

Leia mais →

Por ora, Desemprego não Reduziu Vendas de Materiais de Construção

Por Newton Guimarães, Head

Postado em 01/04/2021

As consequências da piora da conjuntura emprego, renda e confiança ainda foram amortecidas pelo auxílio emergencial

Leia mais →

Emprego na Construção de Edifícios Reflete Realidade Pré-Pandemia

Por Newton Guimarães, Head

Postado em 30/03/2021

Perspectivas para o emprego na Construção Civil

Leia mais →

No Isolamento, Materiais de Construção se Sobrepõem a Móveis e Eletros

Por Newton Guimarães, Head

Postado em 25/03/2021

A evidente precariedade das habitações brasileiras como propulsora do consumo

Leia mais →

Material de Construção Decresce no Nordeste

Por Newton Guimarães, Head

Postado em 23/03/2021

As primeiras consequências da ausência do auxílio emergencial no comércio de materiais de construção

Leia mais →

INDICADORES E INSIGHTS CONJUNTURAIS


  • No volume de vendas (real), em relação ao mesmo mês do ano anterior, destaque para Artigos, Farmacêuticos, Médicos, Ortopédicos e de Perfumaria, com 13%. Material de Construção, cresceu 12,3%

    Já, o Varejo Restrito decresceu 0,3%, e, o Varejo Ampliado decresceu 2,9%

  • No volume de vendas (real), em relação ao mesmo mês do ano anterior, o segmento Móveis e Eletrodomésticos decresceu 5,4%, sendo que o subsegmento Móveis decresceu 2,2%, e, o subsegmento Eletrodomésticos decresceu 6,9%

  • Nominalmente, em relação ao mesmo mês do ano anterior, destaque para Material de Construção, com crescimento de 30,4%

    Já, o Varejo Restrito cresceu 8,7%, e, o Varejo Ampliado cresceu 7,1%

  • Nominalmente, em relação ao mesmo mês do ano anterior, o segmento Móveis e Eletrodomésticos cresceu 2,5%, sendo que o subsegmento Móveis decresceu 1,9%, e, o subsegmento Eletrodomésticos cresceu 4,5%